A expressão da pura relação - Piet Mondrian

"(...) a característica da pintura atual pode ser definida como a expressão plástica mais coerente da pura relação. Pois é o privilégio especial da pintura poder expressar livremente a relação, quer dizer, seus meios de expressão permitem (graças a um processo de elaboração coerentemente desenvolvido) que extremos opostos sejam expressos plasticamente como pura relação pela posição, sem necessitar adquirir forma ou sequer aparência de forma (como na arquitetura) por confinamento.
Na pintura, a dualidade da relação pode ser mostrada por justaposição, o que é impossível na arquitetura ou na escultura. Graças a isso é que a pintura pode ser mais puramente 'plástica'.
A livre disposição dos meios de expressão plástica é privilégio particular da pintura: as artes irmãs, a escultura e a arquitetura, são menos livres nesse aspecto.(...)"

MONDRIAN, Piet. Neoplasticismo na pintura e na arquitetura.
cap. 1: O neoplasticismo na pintura (1917).
pp. 30

Nenhum comentário: